Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

E se fosse... o Mantorras?

Li esta notícia e fiquei pasmado com o sentido de justiça que acontece noutras paragens que não Portugal. Para quem não perceba bem inglês um pequeno resumo:

Um jovem jogador do Manchester United (Ben Collett) foi lesionado por um tackle maldoso (estilo Bruno Alves vá...) num jogo de reservas do United contra o Middlesbrough. O "Bruno Alves" foi o Gary Smith.

A primeira diferença é que: tanto o Boro como o Gary Smith admitiram culpa na lesão do Ben Collett. Nesse ponto já estamos conversados.

Depois, o tribunal britânico atribuiu uma indemnização de £4.3m de forma a compensar o jogador pelas consequentes perdas futuras em virtude do fim precoce da sua carreira. O cálculo foi baseado no salário semanal do jogador até à idade de ... 33 anos.

Foram tidos em conta os testemunhos de Sir Alex Fergusson e do Gary Neville, que afirmaram que foram impressionados pelo talento do jovem que então despontava no futebol jovem do Man Utd.

O Ben Collett vai entrar na universidade este ano onde vai estudar Inglês.

Lembro-me há uns anos de ter visto uma reportagem com um jogador do Boavista que privado da carreira se encontrava a trabalhar numa gráfica recebendo o salário mínimo. Não me recordo do nome nem do facto que o tirou do futebol. Se uma lesão (penso que sim) ou um acidente automóvel.

As diferenças são brutais.

Cada época que se inicia interrogo-me acerca da situação do Mantorras. Eu sei que vocês também...
publicado por velhoestilo às 13:55
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

E se fosse... o Mantorras?

Li esta notícia e fiquei pasmado com o sentido de justiça que acontece noutras paragens que não Portugal. Para quem não perceba bem inglês um pequeno resumo:

Um jovem jogador do Manchester United (Ben Collett) foi lesionado por um tackle maldoso (estilo Bruno Alves vá...) num jogo de reservas do United contra o Middlesbrough. O "Bruno Alves" foi o Gary Smith.

A primeira diferença é que: tanto o Boro como o Gary Smith admitiram culpa na lesão do Ben Collett. Nesse ponto já estamos conversados.

Depois, o tribunal britânico atribuiu uma indemnização de £4.3m de forma a compensar o jogador pelas consequentes perdas futuras em virtude do fim precoce da sua carreira. O cálculo foi baseado no salário semanal do jogador até à idade de ... 33 anos.

Foram tidos em conta os testemunhos de Sir Alex Fergusson e do Gary Neville, que afirmaram que foram impressionados pelo talento do jovem que então despontava no futebol jovem do Man Utd.

O Ben Collett vai entrar na universidade este ano onde vai estudar Inglês.

Lembro-me há uns anos de ter visto uma reportagem com um jogador do Boavista que privado da carreira se encontrava a trabalhar numa gráfica recebendo o salário mínimo. Não me recordo do nome nem do facto que o tirou do futebol. Se uma lesão (penso que sim) ou um acidente automóvel.

As diferenças são brutais.

Cada época que se inicia interrogo-me acerca da situação do Mantorras. Eu sei que vocês também...
publicado por velhoestilo às 13:55
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 10 de Agosto de 2008

Cancro

Observo o fenómeno "ultras" desde o início da década de 90 e com a capacidade que essa observação humildemente me permite confesso que vejo o problema acerca do qual vos escrevo como uma das maiores maleitas do movimento Ultras, seja o que quer que isso queira significar.
O outro foi o "boom" da internet e a sua péssima utilização por parte de quem se limita a destruir e a denegrir o que de bom é feito. Seja isso nas Curvas ou na vida em geral. Basta passar pelos blogs "claqueiros" de "referência" e abrir as caixas de comentários para perceber o que digo. O péssimo português utilizado se calhar também explica algumas coisas...

Falando de temas mais sérios podem clickar aqui (em português), aqui (em italiano) ou aqui (em inglês).

Para avalizarem o ponto em que a relação de Chinaglia com os Ultras dos Irriducibili estava apenas vos digo que T-Shirts com imagem do Long John Chinaglia eram comercializadas pelos ultras laziale desde há alguns anos na sua web e nas suas lojas em Roma.

O que se passou em Itália será tão distante do que se passa em Portugal? A relação dos lideres dos grupos com as SAD's dos Clubes ou com "grupos de interesse" nas mesmas SAD's será uma miragem?

Duvido meus caros. Aliás hoje em dia acredito que essa realidade seja mais certa que nunca. A questão da "lei Hemínio" ainda veio servir para acentuar essas relações. O princípio básico da independência dos grupos face aos interesses dos clubes, das SAD's, das oposições ou dos dirigentes é por demais notória para quem se queira dar ao trabalho de o observar. Com isso o que se ganha? Apoios aos grupos e aos seus dirigentes. Dinheiro. Viagens. Alimentam-se os "espíritos" mais "rebeldes" servindo como guarda aos interesses dos mesmos dirigentes. O que se perde? Independência. O essencial Pensamento Livre. Os interesses dos grupos subjugados à vontade (e benefícios) dos seus dirigentes.

Tudo tem um fim e esse sistema um dia terá o seu. Pode não ser breve, mas lá chegará.

PS: A "crítica" implícita à Curva Nord laziale não é para ser interpretada como uma questão de simpatia pessoal ao que se pratica mais a Sud no mesmo estádio. A verdade é que o vazio provocado pela morte do lider dos Boys Roma fez com que (o típico em Itália) houvesse uma "luta surda" pela ocupação desse espaço. O mesmo já foi conseguído e esperam-se alterações de fundo na Sud no início da próxima época. Para muita pena minha.

PS1: É com imensa tristeza que li as notícias acerca do pouco tempo de vida que resta ao Sir Bobby Robson (podem ler aqui). Nunca passou pelo Benfica mas sempre aprendi a respeitá-lo. Foi com orgulho que li uma entrevista sua na Bola em que referiu que foi com pena que não treinou o Benfica, para si o maior clube português, e foi ainda com mais admiração que em conversa com um dos responsáveis pela publicação de uma das sua biografias em Portugal verifiquei que o Benfica foi um dos seus sonhos. Por aqui a minha homenagem a Sir Bobby Robson. Um dos treinadores de futebol que sempre admirei.
publicado por velhoestilo às 22:04
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

Cancro

Observo o fenómeno "ultras" desde o início da década de 90 e com a capacidade que essa observação humildemente me permite confesso que vejo o problema acerca do qual vos escrevo como uma das maiores maleitas do movimento Ultras, seja o que quer que isso queira significar.
O outro foi o "boom" da internet e a sua péssima utilização por parte de quem se limita a destruir e a denegrir o que de bom é feito. Seja isso nas Curvas ou na vida em geral. Basta passar pelos blogs "claqueiros" de "referência" e abrir as caixas de comentários para perceber o que digo. O péssimo português utilizado se calhar também explica algumas coisas...

Falando de temas mais sérios podem clickar aqui (em português), aqui (em italiano) ou aqui (em inglês).

Para avalizarem o ponto em que a relação de Chinaglia com os Ultras dos Irriducibili estava apenas vos digo que T-Shirts com imagem do Long John Chinaglia eram comercializadas pelos ultras laziale desde há alguns anos na sua web e nas suas lojas em Roma.

O que se passou em Itália será tão distante do que se passa em Portugal? A relação dos lideres dos grupos com as SAD's dos Clubes ou com "grupos de interesse" nas mesmas SAD's será uma miragem?

Duvido meus caros. Aliás hoje em dia acredito que essa realidade seja mais certa que nunca. A questão da "lei Hemínio" ainda veio servir para acentuar essas relações. O princípio básico da independência dos grupos face aos interesses dos clubes, das SAD's, das oposições ou dos dirigentes é por demais notória para quem se queira dar ao trabalho de o observar. Com isso o que se ganha? Apoios aos grupos e aos seus dirigentes. Dinheiro. Viagens. Alimentam-se os "espíritos" mais "rebeldes" servindo como guarda aos interesses dos mesmos dirigentes. O que se perde? Independência. O essencial Pensamento Livre. Os interesses dos grupos subjugados à vontade (e benefícios) dos seus dirigentes.

Tudo tem um fim e esse sistema um dia terá o seu. Pode não ser breve, mas lá chegará.

PS: A "crítica" implícita à Curva Nord laziale não é para ser interpretada como uma questão de simpatia pessoal ao que se pratica mais a Sud no mesmo estádio. A verdade é que o vazio provocado pela morte do lider dos Boys Roma fez com que (o típico em Itália) houvesse uma "luta surda" pela ocupação desse espaço. O mesmo já foi conseguído e esperam-se alterações de fundo na Sud no início da próxima época. Para muita pena minha.

PS1: É com imensa tristeza que li as notícias acerca do pouco tempo de vida que resta ao Sir Bobby Robson (podem ler aqui). Nunca passou pelo Benfica mas sempre aprendi a respeitá-lo. Foi com orgulho que li uma entrevista sua na Bola em que referiu que foi com pena que não treinou o Benfica, para si o maior clube português, e foi ainda com mais admiração que em conversa com um dos responsáveis pela publicação de uma das sua biografias em Portugal verifiquei que o Benfica foi um dos seus sonhos. Por aqui a minha homenagem a Sir Bobby Robson. Um dos treinadores de futebol que sempre admirei.
publicado por velhoestilo às 22:04
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

Assis


Já deveria ter escrito acerca deste tema mas só agora surge a oportunidade (leia-se ...tempo).
Quem me conhece pessoalmente sabe que há muito que defendo que o Nuno Assis não tinha lugar no Benfica. Não me considero um supra sumo do futebol, mas havia algo no Assis que não me "enchia as medidas". No entanto, a boa pré-época que fez (e fez...) talvez justificasse a sua permanência. O Quique e o Rui Costa resolveram dispensá-lo e até aí nada de novo. Apareceu o habitual comentário no site oficial do Benfica e lá foi o bom do Assis (e o seu amigo Luis Filipe) com guia de marcha para Guimarães. As declarações reproduzidas nos jornais não foram as mais correctas mas até consigo compreender que o Nuno Assis (como qualquer profissional...) quisesse ter a sua vida definida. Isso compreendo.
No dia da apresentação em Guimarães ia no meu carro a ouvir a sequência natural dos jornais desportivos (Bola Branca às 18h15, Jornal de Desporto da Antena 1 às 18h30 e o Enorme Zé Nunes na Antena 3 por volta das 18h50...) quando num deles (salvo erro na Antena 1) oiço o jornalista questionar o Nuno Assis acerca da possibilidade de participar na Champions League (alinhando pelos Vitós) nesta época.
As palavras do Assis foram mais ou menos estas: "Bem, para já são apenas 2 jogos mas há equipas que nem nesses vão participar".
A ti caro Nuno Assis apenas desejo 1 coisa: uma valente assobiadela quando jogares na Luz. Ainda bem que te puseram a andar.

Quanto ao "..." que deixou o comentário aqui no Blog que reproduzo: "Chapeau"...
publicado por velhoestilo às 02:44
link | comentar | ver comentários (4) | favorito

Assis


Já deveria ter escrito acerca deste tema mas só agora surge a oportunidade (leia-se ...tempo).
Quem me conhece pessoalmente sabe que há muito que defendo que o Nuno Assis não tinha lugar no Benfica. Não me considero um supra sumo do futebol, mas havia algo no Assis que não me "enchia as medidas". No entanto, a boa pré-época que fez (e fez...) talvez justificasse a sua permanência. O Quique e o Rui Costa resolveram dispensá-lo e até aí nada de novo. Apareceu o habitual comentário no site oficial do Benfica e lá foi o bom do Assis (e o seu amigo Luis Filipe) com guia de marcha para Guimarães. As declarações reproduzidas nos jornais não foram as mais correctas mas até consigo compreender que o Nuno Assis (como qualquer profissional...) quisesse ter a sua vida definida. Isso compreendo.
No dia da apresentação em Guimarães ia no meu carro a ouvir a sequência natural dos jornais desportivos (Bola Branca às 18h15, Jornal de Desporto da Antena 1 às 18h30 e o Enorme Zé Nunes na Antena 3 por volta das 18h50...) quando num deles (salvo erro na Antena 1) oiço o jornalista questionar o Nuno Assis acerca da possibilidade de participar na Champions League (alinhando pelos Vitós) nesta época.
As palavras do Assis foram mais ou menos estas: "Bem, para já são apenas 2 jogos mas há equipas que nem nesses vão participar".
A ti caro Nuno Assis apenas desejo 1 coisa: uma valente assobiadela quando jogares na Luz. Ainda bem que te puseram a andar.

Quanto ao "..." que deixou o comentário aqui no Blog que reproduzo: "Chapeau"...
publicado por velhoestilo às 02:44
link | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quente e Frio

Quente:

A equipa. O Benfica está em crescendo. Vê-se uma equipa a jogar a toda a largura do terreno um futebol alegre e mesmo com muita gente nova já se vê o essencial: uma equipa. Parece-me que o “onze” do Quique está mais ou menos definido e caso exista uma aquisição de última hora (o tal segundo avançado que tanto esperam) pode haver uma mexida ou outra. Mas o esqueleto está lá e finalmente vejo uma equipa que me empolga. Boa moldura na Luz (para cima de 40 mil adeptos) a demonstrar confiança na equipa.

Frio:

A curva está igual. Uns minutos de bom apoio no início do jogo e depois…

publicado por velhoestilo às 02:36
link | comentar | ver comentários (7) | favorito

Quente e Frio

Quente:

A equipa. O Benfica está em crescendo. Vê-se uma equipa a jogar a toda a largura do terreno um futebol alegre e mesmo com muita gente nova já se vê o essencial: uma equipa. Parece-me que o “onze” do Quique está mais ou menos definido e caso exista uma aquisição de última hora (o tal segundo avançado que tanto esperam) pode haver uma mexida ou outra. Mas o esqueleto está lá e finalmente vejo uma equipa que me empolga. Boa moldura na Luz (para cima de 40 mil adeptos) a demonstrar confiança na equipa.

Frio:

A curva está igual. Uns minutos de bom apoio no início do jogo e depois…

publicado por velhoestilo às 02:36
link | comentar | ver comentários (7) | favorito
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

E que tal uma de Freitas Lobo?

A Don Balon publicou uma lista das 100 maiores promessas do futebol actual. Estas listas valem o que valem, mas se olharem com atenção verificam que em 100 jogadores, 6 têm contrato com o nosso Benfica... E 2 deles são das nossas escolas.
publicado por velhoestilo às 09:56
link | comentar | ver comentários (8) | favorito

E que tal uma de Freitas Lobo?

A Don Balon publicou uma lista das 100 maiores promessas do futebol actual. Estas listas valem o que valem, mas se olharem com atenção verificam que em 100 jogadores, 6 têm contrato com o nosso Benfica... E 2 deles são das nossas escolas.
publicado por velhoestilo às 09:56
link | comentar | ver comentários (8) | favorito

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29


.posts recentes

. Game Over... Insert Coin....

. A ingrata final

. De Londres a Lisboa...

. Á Campeão

. Um Campeão Renovou

. Até Quando?

. É OFICIAL

. Adepto

. Enorme Minoria

. Comunicado Diabos Vermelh...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds