Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

Campeonato - 3ª Jornada ( E mais umas coisas...)

FC Paços de Ferreira 3 - 4 Sport Lisboa e Benfica
Estádio da Mata Real
Assistência: 5.500 espectadores
Golos: 7' Nuno Gomes (SLB), 13' Ozéia (FCPF), 31' Maxi Pereira (SLB), 44'
Cardozo (SLB) 63' Rui Miguel (FCPF) 76' Jorge Ribeiro(SLB) 86' William (FCPF).

Que dizer deste jogo? Além do óbvio que é absolutamente criminoso a existência de jogos às segundas à noite (por imperativos televisivos) e que foi um jogo impróprio para cardiacos? Em primeiro lugar o apoio incessante dos Benfiquistas presentes e em segundo... bem, uma equipa que tarda em funcionar em bloco mas que tem lances de ataque de alta qualidade. Em termos futebolísticos há muito "trabalhinho" a fazer. Em termos de apoio o habitual quando o Benfica se desloca ao Norte. Infelizmente em "casa" nem sempre é assim...

Em relação a este jogo o NM. fez nos chegar a seguinte crónica que obviamente agradecemos:

"Um jogo electrizante acabou por resultar numa vitória do Benfica. O Benfica adiantou-se sempre no resultado por via de um ataque explosivo, mas sofreu 3 golos de bola parada. Dois desses lances resultaram de "brindes" individuais e essa situação terá de ser analisada. É necessário uma maior concentração em termos defensivos. 7 golos e grande intensidade emocional proporcionaram um espectáculo particularmente invulgar em Portugal. Já não é novo, mas da Mata Real é difícil retirar grandes conclusões do estado qualitativo das equipas. Isto porque as dimensões do relvado e a postura do Paços forçam um jogo atípico, de muito contacto, muitas segundas bolas e com grande importância para os lances de bola parada, já que qualquer falta parece ser motivo para colocar a bola na área. Foi assim, mais uma vez. Miguel Vitor: Ele tambem fez o que lhe competia. Veloz, bom de cabeça e abnegado, fez uma bela dupla com Sidnei. Ficamos a saber que se pode contar com ele. Sidnei: grande, grande jogador. Muita personalidade. Bom jogo de cabeça. Agressividade e bom jogo com os pés. Impressionante. Aos golos "encarnados", de Nuno Gomes (07 minutos), Maxi Pereira (31), Cardozo (44, de grande penalidade) e Jorge Ribeiro (76), respondeu o Paços de Ferreira por intermédio de Ozeia (13), Rui Miguel (63) e William (86).

No que toca em termos de apoio, os Benfiquistas deslocaram-se em massa ao Estádio da Mata Real. Os grupos misturados com os adeptos normais dificultam a previsão do número de elementos de cada grupo. A entrada para o estádio era notória a grande revistaaos adeptos, muitos caxes ficaram ca fora, mas mesmo assim algumas tochas e fumos entraram. Como tem vindo a ser habito o inicio contou com uma “bella” fumarada inicial, seguida de um cântico forte. Qual é o meu espanto (ou não), quando entro nesse preciso momento no estádio e vejo um adepto afecto a um grupo de apoio Benfiquista, agarrado por um policia e com a cara violentamente encostada a rede e os braços amarrados, pensei cá para mim: terá este pobre jovem violado alguma jovem? Terá assassinado algum pobre que mal tem para se sustentar? Que crime terá feito para merecer tal castigo? Vim a saber depois que tinha aberto uma tocha. Conclusão: as certas pessoas com as prioridades e procurações trocadas. Os D.V que já costumam ter uma boa adesão por parte dos núcleos do Norte, (não só mas também), quando este se desloca ao zona Norte, fez mais uma vez uma boa prestação, visto que o jogo sendo a uma segunda a noite, ás 21h, e com o tempo mau, foi bom de se ver o esforço que todos fizeram para estar presente. Com o Benfica a marcar cedo, fez com que o apoio fosse considerável, chegando a ter muitos bons momentos, em que o publico em geral aderiu aos cânticos. Num jogo muito emotivo fez com que o apoio diminuísse quando o Benfica sofria um golo, a desconfiança dos adeptos por vezes era grande, pois não era a primeira vez que nos víamos numa situação de clara vantagem, e acabávamos por perder pontos. Com desconfiança ou não a verdade é que o Benfica acabou por vencer, alcançando assim o rival do Norte."


Mais uma vez a "autoridade" resolveu fazer das suas e "apertar" com os adeptos de futebol. Houvesse tanta "mão de ferro" para a criminalidade violenta e não tinhamos metade dos problemas que por aí andam.

Entretanto os Diabos Luxemburgo fizeram 15 (!!!) anos. Houve festa (bem regada dizemos nós) e mais uma prova de vitalidade de um dos núcleos mais antigos dos DV e desde sempre o mais activo na Europa. Podem ver aqui algumas fotos:
De parabéns a rapaziada do "grão-ducado" pela sua longevidade activa.

Para finalizar, e "acabadinho" de chegar de Napoli, um vídeo da "transferta". É clickar aqui.
publicado por velhoestilo às 21:54
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Campeonato - 3ª Jornada ( E mais umas coisas...)

FC Paços de Ferreira 3 - 4 Sport Lisboa e Benfica
Estádio da Mata Real
Assistência: 5.500 espectadores
Golos: 7' Nuno Gomes (SLB), 13' Ozéia (FCPF), 31' Maxi Pereira (SLB), 44'
Cardozo (SLB) 63' Rui Miguel (FCPF) 76' Jorge Ribeiro(SLB) 86' William (FCPF).

Que dizer deste jogo? Além do óbvio que é absolutamente criminoso a existência de jogos às segundas à noite (por imperativos televisivos) e que foi um jogo impróprio para cardiacos? Em primeiro lugar o apoio incessante dos Benfiquistas presentes e em segundo... bem, uma equipa que tarda em funcionar em bloco mas que tem lances de ataque de alta qualidade. Em termos futebolísticos há muito "trabalhinho" a fazer. Em termos de apoio o habitual quando o Benfica se desloca ao Norte. Infelizmente em "casa" nem sempre é assim...

Em relação a este jogo o NM. fez nos chegar a seguinte crónica que obviamente agradecemos:

"Um jogo electrizante acabou por resultar numa vitória do Benfica. O Benfica adiantou-se sempre no resultado por via de um ataque explosivo, mas sofreu 3 golos de bola parada. Dois desses lances resultaram de "brindes" individuais e essa situação terá de ser analisada. É necessário uma maior concentração em termos defensivos. 7 golos e grande intensidade emocional proporcionaram um espectáculo particularmente invulgar em Portugal. Já não é novo, mas da Mata Real é difícil retirar grandes conclusões do estado qualitativo das equipas. Isto porque as dimensões do relvado e a postura do Paços forçam um jogo atípico, de muito contacto, muitas segundas bolas e com grande importância para os lances de bola parada, já que qualquer falta parece ser motivo para colocar a bola na área. Foi assim, mais uma vez. Miguel Vitor: Ele tambem fez o que lhe competia. Veloz, bom de cabeça e abnegado, fez uma bela dupla com Sidnei. Ficamos a saber que se pode contar com ele. Sidnei: grande, grande jogador. Muita personalidade. Bom jogo de cabeça. Agressividade e bom jogo com os pés. Impressionante. Aos golos "encarnados", de Nuno Gomes (07 minutos), Maxi Pereira (31), Cardozo (44, de grande penalidade) e Jorge Ribeiro (76), respondeu o Paços de Ferreira por intermédio de Ozeia (13), Rui Miguel (63) e William (86).

No que toca em termos de apoio, os Benfiquistas deslocaram-se em massa ao Estádio da Mata Real. Os grupos misturados com os adeptos normais dificultam a previsão do número de elementos de cada grupo. A entrada para o estádio era notória a grande revistaaos adeptos, muitos caxes ficaram ca fora, mas mesmo assim algumas tochas e fumos entraram. Como tem vindo a ser habito o inicio contou com uma “bella” fumarada inicial, seguida de um cântico forte. Qual é o meu espanto (ou não), quando entro nesse preciso momento no estádio e vejo um adepto afecto a um grupo de apoio Benfiquista, agarrado por um policia e com a cara violentamente encostada a rede e os braços amarrados, pensei cá para mim: terá este pobre jovem violado alguma jovem? Terá assassinado algum pobre que mal tem para se sustentar? Que crime terá feito para merecer tal castigo? Vim a saber depois que tinha aberto uma tocha. Conclusão: as certas pessoas com as prioridades e procurações trocadas. Os D.V que já costumam ter uma boa adesão por parte dos núcleos do Norte, (não só mas também), quando este se desloca ao zona Norte, fez mais uma vez uma boa prestação, visto que o jogo sendo a uma segunda a noite, ás 21h, e com o tempo mau, foi bom de se ver o esforço que todos fizeram para estar presente. Com o Benfica a marcar cedo, fez com que o apoio fosse considerável, chegando a ter muitos bons momentos, em que o publico em geral aderiu aos cânticos. Num jogo muito emotivo fez com que o apoio diminuísse quando o Benfica sofria um golo, a desconfiança dos adeptos por vezes era grande, pois não era a primeira vez que nos víamos numa situação de clara vantagem, e acabávamos por perder pontos. Com desconfiança ou não a verdade é que o Benfica acabou por vencer, alcançando assim o rival do Norte."


Mais uma vez a "autoridade" resolveu fazer das suas e "apertar" com os adeptos de futebol. Houvesse tanta "mão de ferro" para a criminalidade violenta e não tinhamos metade dos problemas que por aí andam.

Entretanto os Diabos Luxemburgo fizeram 15 (!!!) anos. Houve festa (bem regada dizemos nós) e mais uma prova de vitalidade de um dos núcleos mais antigos dos DV e desde sempre o mais activo na Europa. Podem ver aqui algumas fotos:
De parabéns a rapaziada do "grão-ducado" pela sua longevidade activa.

Para finalizar, e "acabadinho" de chegar de Napoli, um vídeo da "transferta". É clickar aqui.
publicado por velhoestilo às 21:54
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Cartão do Tifoso

O Ministério da Administração Interna Italiano pretende aplicar uma lei (ideia promovida pelo Observatório de Manifestações Desportivas local) seguindo o conceito básico do Cartão de Adepto.

O conceito é "vendido" como uma maneira de fidelizar o adepto, de separar o verdadeiro adepto do adepto que apenas vai a alguns jogos para provocar distúrbios, etc etc. Enfim, o costume. No fundo vai servir para promover uma base de dados dos adeptos para possíveis identificações.

Com as leis tão "estranhas" que temos por cá qualquer dia temos de lidar com uma situação semelhante.

No entanto há algo que me agradaria: e se este cartão servisse para os adeptos mais "fieis" terem direito a bilhetes a preços mais convidativos? Sem ser a "roubalheira" do costume em "campos da bola" (sim, porque Estádios há muito poucos na Primeira Liga)...

Oh Laurentino, agora que já deves ter voltado de Pequim não queres ligar ao Hermínio e numa almoçarada arranjam uns descontos ao pessoal? É que (por exemplo) pagar 20, 30 ou 60€ para ir ver um Leixões-Braga é capaz de ser um pouco carote...

Digo eu...
publicado por velhoestilo às 19:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Cartão do Tifoso

O Ministério da Administração Interna Italiano pretende aplicar uma lei (ideia promovida pelo Observatório de Manifestações Desportivas local) seguindo o conceito básico do Cartão de Adepto.

O conceito é "vendido" como uma maneira de fidelizar o adepto, de separar o verdadeiro adepto do adepto que apenas vai a alguns jogos para provocar distúrbios, etc etc. Enfim, o costume. No fundo vai servir para promover uma base de dados dos adeptos para possíveis identificações.

Com as leis tão "estranhas" que temos por cá qualquer dia temos de lidar com uma situação semelhante.

No entanto há algo que me agradaria: e se este cartão servisse para os adeptos mais "fieis" terem direito a bilhetes a preços mais convidativos? Sem ser a "roubalheira" do costume em "campos da bola" (sim, porque Estádios há muito poucos na Primeira Liga)...

Oh Laurentino, agora que já deves ter voltado de Pequim não queres ligar ao Hermínio e numa almoçarada arranjam uns descontos ao pessoal? É que (por exemplo) pagar 20, 30 ou 60€ para ir ver um Leixões-Braga é capaz de ser um pouco carote...

Digo eu...
publicado por velhoestilo às 19:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Rir para não Chorar

Num país em que todos os dias acordamos com notícias de assaltos, car jacking, apreensões de droga, corrupção... isto só pode ser para rir....
publicado por velhoestilo às 15:00
link do post | comentar | favorito

Rir para não Chorar

Num país em que todos os dias acordamos com notícias de assaltos, car jacking, apreensões de droga, corrupção... isto só pode ser para rir....
publicado por velhoestilo às 15:00
link do post | comentar | favorito

Conta-me como Foi

Com a reverência e admiração que nos merece, e seguindo a sugestão de um comentário "anónimo" na caixa de comentários, é só clickar aqui.
publicado por velhoestilo às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Conta-me como Foi

Com a reverência e admiração que nos merece, e seguindo a sugestão de um comentário "anónimo" na caixa de comentários, é só clickar aqui.
publicado por velhoestilo às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Taça UEFA - 1ª Eliminatória / 1ª mão


SS Napoli 3 - 2 Sport Lisboa e Benfica
Estádio San Paolo
Assistência: 51.597 espectadores
Golos: 16' Suazo (SLB); 18' Vitale (Nap), 20' Denis (Nap
), 55' Maggio (Nap), 60' Luisão (SLB)

Em primeiro lugar as nossas desculpas pelo "atraso" nesta crónica mas este deveu-se a 2 motivos principais: o primeiro (e principal) a ausência de imagens (suplantada hoje), o segundo alguma falta de disponibilidade pessoal para escrever. No entanto esperamos que as imagens e o texto sejam do vosso agrado.
O Benfica realizou uma exibição de sofrimento
num San Paolo praticamente cheio. Como uma táctica extremamente ofensiva, com um reforço (Suazo) que realizou o seu primeiro jogo pelo Benfica e com um meio campo em que apenas um jogador (Yebda) defendia não foi de estranhar a constante marcha de marcador. Alguns comentadores acham que o resultado final (3-2) é melhor que a exibição. O problema meus caros é que este tipo de resultado é o típico "score" que os italianos gostam. Vamos ver a segunda mão, mas penso que vamos precisar de uma boa dose de sorte para levar de vencidos estes aguerridos napolitanos. Especialmente com as limitações que temos a nível de lesões e castigos.

Os adeptos Benfiquistas presentes no San Paolo foram cerca de 150, divididos entre a tribuna e o sector visitante na Curva A.

O apoio foi o que se podia esperar de um grupo de 60 pessoas debaixo de um secto
r de adeptos adversários, no entanto penso que estes adeptos, esta pequena centelha, é digna da nossa admiração pelo sacrifício que nesta fase do ano é empreender uma deslocação tão onerosa quanto esta.

Do MF chegou-nos esta crónica que passamos na integra:


" Partimos por volta das 2h30 do Luxemburgo em direcção a Frankfurt Hahn para apanhar o voo para Roma.
Chegado a Roma as 8h20 lá nos fomos dirigindo a companhia de aluguer de carros ! Entregue a chave nas nossas mãos lá nos pusemos a caminho para Nápo
les (mas como sempre não podia faltar uma paragem para comprar umas cervejas !)
Chegamos a Nápoles por volta das 11h00, estacionamos o carro no aeroporto e logo seguimos em direcção ao centro de Nápoles para ir ter com o resto do pessoal que já tinha chegado no dia anterior.
Chegando ao centro de Nápoles e começamos a reparar nos
graffitis dos grupos ultras do Nápoles. Cada um mais bonito que o outro. Ai vê-se bem a diferença de mentalidade ultra para o resto da Europa e sobre tudo em Portugal !
Chegados à estação de bus lá nos metemos a pé em direcção ao hotel onde se encontrava o resto do grupo (com os olhos sempre em cima dos muros a olhar esses graffs que o meu gosto eram fantásticos - sobre tudo aquele do ULTRAS LIBERI !!)
Após nos encontramos com o resto do grupo, a tarde foi passada a dar a volta a Nápoles para ver aquela bell
a cittá e como sempre os graffitis dos grupos !!
Acabando aquela visita lá fomos beber e comer antes da partida para o estádio ! O encontro com os restantes adeptos do Benfica estava marcado para as 19h. O pessoal todo nos autocarros e lá fomos em direcção o estádio com a escolta policial. Atenção a quem quiser conduzir em plena Nápoles tem que ser 1 piloto de formula 1, aquilo lá e uma circulação à vontade de cada um. Cada pessoa faz como quer e entender.Com policia por perto ou não
cada faz a sua vontade ! Sem esquecer os montes de scooters a passar por nos a olharem pararem para ver quem ia no autocarro e nos fazerem os simbólicos 3-0 para o Nápoles ! (já com os 3 não estavam errados mas eles esqueceram-se dos 2 do BENFICA !) .
Depois de termos parado 2/3 vezes lá seguimos em direcção ao Estádio. Com o aproximar do San Paolo lá ia eu vendo aquele estádio mesmo fantástico e ai
então e que foi com os montes de graffitis dos grupos (acho que não vi nenhum muro sem 1 graff em cima !). Mais perto íamos chegando o nosso sector mas os polícias estavam nervosos com o possível ataque por parte dos ultras napolitanos , que nunca veio a acontecer !
Entramos com o bus directamente por baixo da nossa bancada sem ser revistado sem nos terem pedido o bilhete de jogo ! (tanto era o medo da policia que ate nem nos perguntou pelos bilhetes. Só se vê isso mesmo em Itália !). Entramos na bancada e logo foi meter as nossas faixas e cores no sector OSPITI ! Fomos esperando pelo começo do jogo enquanto os ultra
s da curva A estavam a preparar a coreografia deles.
Chegava a hora do jogo e na entrada das equipas a Curva A fez uma simples coreo constituída por cartolinas brancas e azuis em cada metade da bancada. Já a
curva B tinha também com cartolinas mas um bocado diferente. Cada entrada da Curva B estava dividida em azul-branco-azul-branco simples mas de bom efeito o meu ver. Do nosso lado abriram-se 2 tochas no começo do jogo e mostravam se os nossos cachecóis.
O jogo começa com o Benfica a possuir a bola. Foi uma assobiadela imensa por parte do estádio todo. Logo que o Nápoles tinha a bola a Curva A começava o ap
oio fantástico que na primeira parte foi bastante bom. Na segunda começou a decair com o Benfica a marcar o segundo golo. Num dos 2 golos ainda se abriu 1 tocha do nosso lado. Em termos de apoio vocal (sem ser os cânticos habituais) na primeira parte que quase não existiu. Algo normal com o Benfica a perder. Já na segunda parte o apoio foi melhor com o segundo golo onde a Curva A começou por ter algumas partes de apoio mais fracas e onde nos aproveitávamos para gritar bem alto o nome Benfica !
Ainda a dizer que a Curva B não cantou quase nada (mesmo muito fraco por parte deles) e sem ser a coreografia e mais 2-3 cânticos não houve nada de parte deles.
No final do jogo, as 2 equipas a agradecer o apoio aos se
us adeptos.
Pouco há mais a dizer sem ser que ainda esperamos quase 1 hora dentro do estádio. O regresso ao aeroporto foi tranquilo como a ida para o estádio nada de especial.
Chegados ao aeroporto lá nos despedimos do resto do grupo e rumamos direcção a Roma onde apanhámos o nosso voo de regresso para Frankfurt Hahn.
Só tenho mais 2 coisas a dizer aqueles que não estiveram lá falharam mesmo uma boa “transferta”. Para mim foi o jogo do ano com as 2 curvas cheias (em termos de apoio bastante bom a curva A) que me fez viver o verdadeiro espírito ultra em termos de apoio a equipa . Já há muito não via pela Europa fora e sobre tudo em Portugal algo assim. O jogo em Lisboa vai ser mesmo uma invasão por parte deles !!

Ainda tenho de dizer que o Maradona para os adeptos do Nápoles e quase a mesma coisa como Deus para muitos de nós. Acho que não vi nenhuma loja que não tivesse uma camisola ou cachecol dele.
Aqui fica o resumo da minha viagem a Nápoles
Abraço Ultra
VELHO ESTILO LUXEMBURGO"

Mais fotos do jogo em Napoli podem ser vistas aqui.

Além do jogo em Napoli, queria aproveitar para mais uns pontos de possível debate e interesse:

1 - As declarações do Petit em como tem interesse em terminar a carreira no Boavista vêm demonstrar que afinal a sua saída não foi assim tão pacífica como o comunicado da SAD fez transparecer.

2 - O mesmo se aplica à saída do Fernando Tavares das "amadoras". O Benfica muito deve ao Fernando Tavares. Gostava de ver essa discussão na blogosfera Benfiquista, especialmente porque mais uma vez foi uma saída contra gosto e debaixo de insultos em reuniões de plenário dos Orgãos Sociais. Uma vergonha.

3- Em seguimento da deslocação a Napoli, ultras Benfiquistas marcaram presença no Roma-Reggina. Aproveitando a hospitalidade dos "amigos" romanos que agora estão na Curva Nord do Olímpico.
publicado por velhoestilo às 00:15
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Taça UEFA - 1ª Eliminatória / 1ª mão


SS Napoli 3 - 2 Sport Lisboa e Benfica
Estádio San Paolo
Assistência: 51.597 espectadores
Golos: 16' Suazo (SLB); 18' Vitale (Nap), 20' Denis (Nap
), 55' Maggio (Nap), 60' Luisão (SLB)

Em primeiro lugar as nossas desculpas pelo "atraso" nesta crónica mas este deveu-se a 2 motivos principais: o primeiro (e principal) a ausência de imagens (suplantada hoje), o segundo alguma falta de disponibilidade pessoal para escrever. No entanto esperamos que as imagens e o texto sejam do vosso agrado.
O Benfica realizou uma exibição de sofrimento
num San Paolo praticamente cheio. Como uma táctica extremamente ofensiva, com um reforço (Suazo) que realizou o seu primeiro jogo pelo Benfica e com um meio campo em que apenas um jogador (Yebda) defendia não foi de estranhar a constante marcha de marcador. Alguns comentadores acham que o resultado final (3-2) é melhor que a exibição. O problema meus caros é que este tipo de resultado é o típico "score" que os italianos gostam. Vamos ver a segunda mão, mas penso que vamos precisar de uma boa dose de sorte para levar de vencidos estes aguerridos napolitanos. Especialmente com as limitações que temos a nível de lesões e castigos.

Os adeptos Benfiquistas presentes no San Paolo foram cerca de 150, divididos entre a tribuna e o sector visitante na Curva A.

O apoio foi o que se podia esperar de um grupo de 60 pessoas debaixo de um secto
r de adeptos adversários, no entanto penso que estes adeptos, esta pequena centelha, é digna da nossa admiração pelo sacrifício que nesta fase do ano é empreender uma deslocação tão onerosa quanto esta.

Do MF chegou-nos esta crónica que passamos na integra:


" Partimos por volta das 2h30 do Luxemburgo em direcção a Frankfurt Hahn para apanhar o voo para Roma.
Chegado a Roma as 8h20 lá nos fomos dirigindo a companhia de aluguer de carros ! Entregue a chave nas nossas mãos lá nos pusemos a caminho para Nápo
les (mas como sempre não podia faltar uma paragem para comprar umas cervejas !)
Chegamos a Nápoles por volta das 11h00, estacionamos o carro no aeroporto e logo seguimos em direcção ao centro de Nápoles para ir ter com o resto do pessoal que já tinha chegado no dia anterior.
Chegando ao centro de Nápoles e começamos a reparar nos
graffitis dos grupos ultras do Nápoles. Cada um mais bonito que o outro. Ai vê-se bem a diferença de mentalidade ultra para o resto da Europa e sobre tudo em Portugal !
Chegados à estação de bus lá nos metemos a pé em direcção ao hotel onde se encontrava o resto do grupo (com os olhos sempre em cima dos muros a olhar esses graffs que o meu gosto eram fantásticos - sobre tudo aquele do ULTRAS LIBERI !!)
Após nos encontramos com o resto do grupo, a tarde foi passada a dar a volta a Nápoles para ver aquela bell
a cittá e como sempre os graffitis dos grupos !!
Acabando aquela visita lá fomos beber e comer antes da partida para o estádio ! O encontro com os restantes adeptos do Benfica estava marcado para as 19h. O pessoal todo nos autocarros e lá fomos em direcção o estádio com a escolta policial. Atenção a quem quiser conduzir em plena Nápoles tem que ser 1 piloto de formula 1, aquilo lá e uma circulação à vontade de cada um. Cada pessoa faz como quer e entender.Com policia por perto ou não
cada faz a sua vontade ! Sem esquecer os montes de scooters a passar por nos a olharem pararem para ver quem ia no autocarro e nos fazerem os simbólicos 3-0 para o Nápoles ! (já com os 3 não estavam errados mas eles esqueceram-se dos 2 do BENFICA !) .
Depois de termos parado 2/3 vezes lá seguimos em direcção ao Estádio. Com o aproximar do San Paolo lá ia eu vendo aquele estádio mesmo fantástico e ai
então e que foi com os montes de graffitis dos grupos (acho que não vi nenhum muro sem 1 graff em cima !). Mais perto íamos chegando o nosso sector mas os polícias estavam nervosos com o possível ataque por parte dos ultras napolitanos , que nunca veio a acontecer !
Entramos com o bus directamente por baixo da nossa bancada sem ser revistado sem nos terem pedido o bilhete de jogo ! (tanto era o medo da policia que ate nem nos perguntou pelos bilhetes. Só se vê isso mesmo em Itália !). Entramos na bancada e logo foi meter as nossas faixas e cores no sector OSPITI ! Fomos esperando pelo começo do jogo enquanto os ultra
s da curva A estavam a preparar a coreografia deles.
Chegava a hora do jogo e na entrada das equipas a Curva A fez uma simples coreo constituída por cartolinas brancas e azuis em cada metade da bancada. Já a
curva B tinha também com cartolinas mas um bocado diferente. Cada entrada da Curva B estava dividida em azul-branco-azul-branco simples mas de bom efeito o meu ver. Do nosso lado abriram-se 2 tochas no começo do jogo e mostravam se os nossos cachecóis.
O jogo começa com o Benfica a possuir a bola. Foi uma assobiadela imensa por parte do estádio todo. Logo que o Nápoles tinha a bola a Curva A começava o ap
oio fantástico que na primeira parte foi bastante bom. Na segunda começou a decair com o Benfica a marcar o segundo golo. Num dos 2 golos ainda se abriu 1 tocha do nosso lado. Em termos de apoio vocal (sem ser os cânticos habituais) na primeira parte que quase não existiu. Algo normal com o Benfica a perder. Já na segunda parte o apoio foi melhor com o segundo golo onde a Curva A começou por ter algumas partes de apoio mais fracas e onde nos aproveitávamos para gritar bem alto o nome Benfica !
Ainda a dizer que a Curva B não cantou quase nada (mesmo muito fraco por parte deles) e sem ser a coreografia e mais 2-3 cânticos não houve nada de parte deles.
No final do jogo, as 2 equipas a agradecer o apoio aos se
us adeptos.
Pouco há mais a dizer sem ser que ainda esperamos quase 1 hora dentro do estádio. O regresso ao aeroporto foi tranquilo como a ida para o estádio nada de especial.
Chegados ao aeroporto lá nos despedimos do resto do grupo e rumamos direcção a Roma onde apanhámos o nosso voo de regresso para Frankfurt Hahn.
Só tenho mais 2 coisas a dizer aqueles que não estiveram lá falharam mesmo uma boa “transferta”. Para mim foi o jogo do ano com as 2 curvas cheias (em termos de apoio bastante bom a curva A) que me fez viver o verdadeiro espírito ultra em termos de apoio a equipa . Já há muito não via pela Europa fora e sobre tudo em Portugal algo assim. O jogo em Lisboa vai ser mesmo uma invasão por parte deles !!

Ainda tenho de dizer que o Maradona para os adeptos do Nápoles e quase a mesma coisa como Deus para muitos de nós. Acho que não vi nenhuma loja que não tivesse uma camisola ou cachecol dele.
Aqui fica o resumo da minha viagem a Nápoles
Abraço Ultra
VELHO ESTILO LUXEMBURGO"

Mais fotos do jogo em Napoli podem ser vistas aqui.

Além do jogo em Napoli, queria aproveitar para mais uns pontos de possível debate e interesse:

1 - As declarações do Petit em como tem interesse em terminar a carreira no Boavista vêm demonstrar que afinal a sua saída não foi assim tão pacífica como o comunicado da SAD fez transparecer.

2 - O mesmo se aplica à saída do Fernando Tavares das "amadoras". O Benfica muito deve ao Fernando Tavares. Gostava de ver essa discussão na blogosfera Benfiquista, especialmente porque mais uma vez foi uma saída contra gosto e debaixo de insultos em reuniões de plenário dos Orgãos Sociais. Uma vergonha.

3- Em seguimento da deslocação a Napoli, ultras Benfiquistas marcaram presença no Roma-Reggina. Aproveitando a hospitalidade dos "amigos" romanos que agora estão na Curva Nord do Olímpico.
publicado por velhoestilo às 00:15
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29


.posts recentes

. Game Over... Insert Coin....

. A ingrata final

. De Londres a Lisboa...

. Á Campeão

. Um Campeão Renovou

. Até Quando?

. É OFICIAL

. Adepto

. Enorme Minoria

. Comunicado Diabos Vermelh...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds