Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

Guimarães na Revista Futebolista

"Vitória Sport Clube vs Sport Lisboa Benfica, um jogo com um significado que transcende aquilo que ocorre dentro das quatro linhas. Um jogo onde se recorda Miklós Fehér!
Motivados pela ideia de homenagear e recordar este jovem jogador do clube da Luz, que perdeu a vida em 2004, e assistir a um grande jogo de futebol, cerca de 27 mil adeptos deslocaram-se ao estádio D. Afonso Henriques.
Contudo, nas bancadas, para os adeptos que se sentaram junto às claques “desorganizadas”, essa ambição acabou por não se concretizar!...
Quer de um lado quer do outro, estas claques, em vez de se preocuparem em apoiar a respectiva equipa, passaram todo o encontro a insultarem-se mutuamente e a gerar conflitos que obrigaram mesmo à intervenção da polícia. Uma vergonha para o futebol e para os adeptos em geral!
É realmente degradante que a prioridade destes pseudo-adeptos seja arranjar confusão e vandalizar o estádio, em vez de apoiar e contribuir para que sua equipa tenha condições para alcançar o melhor resultado possível!
Perante comportamentos destes, como se pode esperar que certos estádios encham? Como se pode esperar que quem está em campo sinta o peso do símbolo que traz ao peito? É realmente triste estar em campo a dar tudo por tudo por um bom resultado, e sentir que em certos locais da bancada nada disso é apreciado. Parece que o mais importante é fomentar as picardias com os apoiantes adversários em vez de aplaudir o que está a ser conseguido em campo!
Enfim, é uma pena que em Portugal falte civismo e consciência àqueles que se dizem parte de uma claque! Não permitem que quem paga bilhete desfrute do espectáculo que é um jogo de futebol, e ainda colocam em risco a segurança daqueles que se encontram no estádio (quer a assistir ao encontro, quer a trabalhar). Está na hora de sérias medidas serem tomadas em relação a esta situação. Têm de ser criadas medidas que permitam a restrição do acesso ao estádio àqueles que não sabem viver em sociedade, independentemente de ser uma claque oficial ou não! Basta alguém dar o primeiro passo, a partir daí de certeza que um jogo de futebol deixará de ser conotado com as noções de vandalismo e inconsciência!
Talvez o Jogo devesse ter ficado pela primeira parte, pois alguns adeptos conseguiram que adeptos do SEU clube se vissem privados de assistir condignamente à actuação dos jogadores que estavam a apoiar. Privados não por terem sido impedidos pelas forças de segurança que demonstraram um profissionalismo digno de ELOGIO e DIGNIDADE, mas PELO MEDO de se verem envolvidos em desordens criadas pelos pseudo-claques de apoio do seu próprio clube. E refiro-me quer a apoiantes do Benfica quer a apoiantes do Guimarães.
Deste encontro ressaltou para quem foi assistir e se viu privado de ver o jogo e envergonhado pelo comportamento dos adeptos do seu clube, que os únicos que dignificaram o emblema que traziam ao peito foram as forças de segurança, porque mesmo os jogadores em determinados momentos se viram contagiados pelo Péssimo, Terceiro Mundista, Pré-histórico e até TERRORISTA comportamento de alguns energúmenos que foram SUPOSTAMENTE para ver o jogo. No nosso país o TERRORISMO é nos estádios. Para quem paga bilhete cuja receita reverte para o clube do seu coração, para ver o SEU CLUBE JOGAR vê-se envolvido em cenas de TERROR DO TERCEIRO MUNDO. Adeptos há que por isso se sentirão envergonhados de ser sócios de qualquer clube. Os TERRORISTAS em Portugal chamam-se CLAQUES, organizadas ou não."


É clickar aqui .
publicado por velhoestilo às 10:32
link | comentar | ver comentários (6) | favorito

Guimarães na Revista Futebolista

"Vitória Sport Clube vs Sport Lisboa Benfica, um jogo com um significado que transcende aquilo que ocorre dentro das quatro linhas. Um jogo onde se recorda Miklós Fehér!
Motivados pela ideia de homenagear e recordar este jovem jogador do clube da Luz, que perdeu a vida em 2004, e assistir a um grande jogo de futebol, cerca de 27 mil adeptos deslocaram-se ao estádio D. Afonso Henriques.
Contudo, nas bancadas, para os adeptos que se sentaram junto às claques “desorganizadas”, essa ambição acabou por não se concretizar!...
Quer de um lado quer do outro, estas claques, em vez de se preocuparem em apoiar a respectiva equipa, passaram todo o encontro a insultarem-se mutuamente e a gerar conflitos que obrigaram mesmo à intervenção da polícia. Uma vergonha para o futebol e para os adeptos em geral!
É realmente degradante que a prioridade destes pseudo-adeptos seja arranjar confusão e vandalizar o estádio, em vez de apoiar e contribuir para que sua equipa tenha condições para alcançar o melhor resultado possível!
Perante comportamentos destes, como se pode esperar que certos estádios encham? Como se pode esperar que quem está em campo sinta o peso do símbolo que traz ao peito? É realmente triste estar em campo a dar tudo por tudo por um bom resultado, e sentir que em certos locais da bancada nada disso é apreciado. Parece que o mais importante é fomentar as picardias com os apoiantes adversários em vez de aplaudir o que está a ser conseguido em campo!
Enfim, é uma pena que em Portugal falte civismo e consciência àqueles que se dizem parte de uma claque! Não permitem que quem paga bilhete desfrute do espectáculo que é um jogo de futebol, e ainda colocam em risco a segurança daqueles que se encontram no estádio (quer a assistir ao encontro, quer a trabalhar). Está na hora de sérias medidas serem tomadas em relação a esta situação. Têm de ser criadas medidas que permitam a restrição do acesso ao estádio àqueles que não sabem viver em sociedade, independentemente de ser uma claque oficial ou não! Basta alguém dar o primeiro passo, a partir daí de certeza que um jogo de futebol deixará de ser conotado com as noções de vandalismo e inconsciência!
Talvez o Jogo devesse ter ficado pela primeira parte, pois alguns adeptos conseguiram que adeptos do SEU clube se vissem privados de assistir condignamente à actuação dos jogadores que estavam a apoiar. Privados não por terem sido impedidos pelas forças de segurança que demonstraram um profissionalismo digno de ELOGIO e DIGNIDADE, mas PELO MEDO de se verem envolvidos em desordens criadas pelos pseudo-claques de apoio do seu próprio clube. E refiro-me quer a apoiantes do Benfica quer a apoiantes do Guimarães.
Deste encontro ressaltou para quem foi assistir e se viu privado de ver o jogo e envergonhado pelo comportamento dos adeptos do seu clube, que os únicos que dignificaram o emblema que traziam ao peito foram as forças de segurança, porque mesmo os jogadores em determinados momentos se viram contagiados pelo Péssimo, Terceiro Mundista, Pré-histórico e até TERRORISTA comportamento de alguns energúmenos que foram SUPOSTAMENTE para ver o jogo. No nosso país o TERRORISMO é nos estádios. Para quem paga bilhete cuja receita reverte para o clube do seu coração, para ver o SEU CLUBE JOGAR vê-se envolvido em cenas de TERROR DO TERCEIRO MUNDO. Adeptos há que por isso se sentirão envergonhados de ser sócios de qualquer clube. Os TERRORISTAS em Portugal chamam-se CLAQUES, organizadas ou não."


É clickar aqui .
publicado por velhoestilo às 10:32
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 3 de Novembro de 2008

Update de 3 de Novembro de 2008

Vitória Sport Clube 1-2 Sport Lisboa e Benfica
Estádio D. Afonso Henriques
Assistência: 26812 espectadores
Golos: 15' Suazo (SLB), 17' Sidnei(SLB) e 41' Douglas (VSC)

Como tínhamos escrito anteriormente, Guimarães assuma-se cada vez mais como umas das deslocações mais importantes da época para os Ultras Benfiquistas. Do lado do Guimarães não há dúvidas: o jogo com o Benfica é o da época para esta agremiação do distrito de Braga.

O ambiente em redor do jogo retrata isso mesmo. Um Guimarães-Benfica é dos jogos que em Portugal melhor “atmosfera” tem e este não defraudou.

O Benfica arrancou uma preciosa vitória num terreno complicado. Daquelas vitórias que “cheiram” a campeonato ganho. Ainda é cedo obviamente e depois da arbitragem de ontem todos os pontos serão preciosos, mas meus amigos não se enganem: o Benfica de Quique Flores vai lutar pelo título.

Ontem as “estrelas” apareceram. O primeiro golo do Benfica é uma jogada soberba do Pablo Aimar finalizado pelo Suazo (um jogador de outro campeonato…). O segundo uma cabeçada já habitual do Sidnei. De resto um Yebda a encher o campo e Reyes, até ser expulso, ao seu nível. Com o golo do Vitória e a expulsão de Reyes o Benfica tremeu. Aguentou a pressão e poderia ainda ter marcado o terceiro nos descontos. Como disse: uma vitória que “cheira” a campeonato.

Em relação aos adeptos que podemos dizer?

Guimarães é pródigo em “encontros” e “desencontros” antes e depois do jogo nas ruas vizinhas ao Estádio. Mais uma vez estas situações voltaram a acontecer. O que seria de uma “transferta” a Guimarães sem estes “fait-divers”?

No Estádio o apoio dos benfiquistas foi muito forte durante a maioria da partida. A excepção (o habitual…) foi o início do segundo tempo. Os vimaranenses apoiaram bem no início, sofreram 2 golos e obviamente o seu apoio ressentiu-se. O golo do 2-1 deu alguma “moral”, mas a segunda parte foi mais dividida do que um apoio “massivo” dos vimaranenses, como seria de esperar.

De resto, tifos simples dos White Angels e da parte baixa da curva junto aos Insane (onde agora se encontram vários “grupos” saídos dos WA numa situação “nova” em Portugal), “tochadas” nos grupos do Benfica e nos Insane. Boa presença de ambos os grupos da Luz. Os DV deslocaram cerca de 500 membros num excelente exercício de vitalidade e união do pessoal do Norte. De parabéns.

Final do jogo e a habitual hora de “prisão” dentro do estádio. Cortejo até às viaturas e pouco mais. As habituais pedras e garrafas nas ruas a procurar atingir os carros. O costume em Guimarães…

Um domingo qualquer… Carrega Benfica !!!!

Mais notícias relativamente a este jogo podem ser lidas aqui e aqui.

De notar a presença do "nosso" Diabo de Gaia a dar as "despedidas" antes da suspensão de um ano. Os aplausos com que foi brindado por todo o sector benfiquista dizem bem da popularidade deste adepto.

Entretanto de Torino recebemos com agrado a resposta a um email enviado pelo blog e a publicação de uma noticia relativamente ao post acerca do incidente de Superga no mais importante site de adeptos "granata": aqui.

Noutro foro, e aproveitando a vergonhosa arbitragem do Xistrema em Guimarães, um trabalho efectuado pelo Benfica para desmentir algumas teorias. É só clickar aqui.

Para finalizar, algumas fotos que nos foram enviadas pelo pessoal dos DV Paiva relativamente ao encontro de ontem. Mais uma vez os nossos agradecimentos ao pessoal dos DV Norte pela forte presença ontem, sem esquecer as dezenas que se deslocaram de Lisboa num jogo de domingo à noite.

Ah... e já agora... Que vos disse do Hamilton ???



publicado por velhoestilo às 20:47
link | comentar | ver comentários (14) | favorito

Update de 3 de Novembro de 2008

Vitória Sport Clube 1-2 Sport Lisboa e Benfica
Estádio D. Afonso Henriques
Assistência: 26812 espectadores
Golos: 15' Suazo (SLB), 17' Sidnei(SLB) e 41' Douglas (VSC)

Como tínhamos escrito anteriormente, Guimarães assuma-se cada vez mais como umas das deslocações mais importantes da época para os Ultras Benfiquistas. Do lado do Guimarães não há dúvidas: o jogo com o Benfica é o da época para esta agremiação do distrito de Braga.

O ambiente em redor do jogo retrata isso mesmo. Um Guimarães-Benfica é dos jogos que em Portugal melhor “atmosfera” tem e este não defraudou.

O Benfica arrancou uma preciosa vitória num terreno complicado. Daquelas vitórias que “cheiram” a campeonato ganho. Ainda é cedo obviamente e depois da arbitragem de ontem todos os pontos serão preciosos, mas meus amigos não se enganem: o Benfica de Quique Flores vai lutar pelo título.

Ontem as “estrelas” apareceram. O primeiro golo do Benfica é uma jogada soberba do Pablo Aimar finalizado pelo Suazo (um jogador de outro campeonato…). O segundo uma cabeçada já habitual do Sidnei. De resto um Yebda a encher o campo e Reyes, até ser expulso, ao seu nível. Com o golo do Vitória e a expulsão de Reyes o Benfica tremeu. Aguentou a pressão e poderia ainda ter marcado o terceiro nos descontos. Como disse: uma vitória que “cheira” a campeonato.

Em relação aos adeptos que podemos dizer?

Guimarães é pródigo em “encontros” e “desencontros” antes e depois do jogo nas ruas vizinhas ao Estádio. Mais uma vez estas situações voltaram a acontecer. O que seria de uma “transferta” a Guimarães sem estes “fait-divers”?

No Estádio o apoio dos benfiquistas foi muito forte durante a maioria da partida. A excepção (o habitual…) foi o início do segundo tempo. Os vimaranenses apoiaram bem no início, sofreram 2 golos e obviamente o seu apoio ressentiu-se. O golo do 2-1 deu alguma “moral”, mas a segunda parte foi mais dividida do que um apoio “massivo” dos vimaranenses, como seria de esperar.

De resto, tifos simples dos White Angels e da parte baixa da curva junto aos Insane (onde agora se encontram vários “grupos” saídos dos WA numa situação “nova” em Portugal), “tochadas” nos grupos do Benfica e nos Insane. Boa presença de ambos os grupos da Luz. Os DV deslocaram cerca de 500 membros num excelente exercício de vitalidade e união do pessoal do Norte. De parabéns.

Final do jogo e a habitual hora de “prisão” dentro do estádio. Cortejo até às viaturas e pouco mais. As habituais pedras e garrafas nas ruas a procurar atingir os carros. O costume em Guimarães…

Um domingo qualquer… Carrega Benfica !!!!

Mais notícias relativamente a este jogo podem ser lidas aqui e aqui.

De notar a presença do "nosso" Diabo de Gaia a dar as "despedidas" antes da suspensão de um ano. Os aplausos com que foi brindado por todo o sector benfiquista dizem bem da popularidade deste adepto.

Entretanto de Torino recebemos com agrado a resposta a um email enviado pelo blog e a publicação de uma noticia relativamente ao post acerca do incidente de Superga no mais importante site de adeptos "granata": aqui.

Noutro foro, e aproveitando a vergonhosa arbitragem do Xistrema em Guimarães, um trabalho efectuado pelo Benfica para desmentir algumas teorias. É só clickar aqui.

Para finalizar, algumas fotos que nos foram enviadas pelo pessoal dos DV Paiva relativamente ao encontro de ontem. Mais uma vez os nossos agradecimentos ao pessoal dos DV Norte pela forte presença ontem, sem esquecer as dezenas que se deslocaram de Lisboa num jogo de domingo à noite.

Ah... e já agora... Que vos disse do Hamilton ???



publicado por velhoestilo às 20:47
link | comentar | ver comentários (14) | favorito

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29


.posts recentes

. Game Over... Insert Coin....

. A ingrata final

. De Londres a Lisboa...

. Á Campeão

. Um Campeão Renovou

. Até Quando?

. É OFICIAL

. Adepto

. Enorme Minoria

. Comunicado Diabos Vermelh...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds