Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Depois de casa roubada...

Andam os Diabos e demais grupos “lutadores” (Ndr: aqueles que não se venderam a troco de bilhetes e ajudas dos clubes logo à primeira leva…) a pedir isto e tem de ser um Inglês a vir dar lições ao nosso dirigismo.

Ao menos o Steven Powell sabe do que fala, e não é como a APA (Associação Portuguesa do Adepto em http://www.apadeptos.org/) que se baseia em almoçaradas e alegres tertúlias na já extinta (felizmente…) Bancada Central da TSF.

Pode ser que a sugestão do Presidente da Liga não caía em saco roto para os lados da Luz, Belém, Aveiro, etc etc etc

Faz nos um pouco de confusão como pessoas cujas funções profissionais exigem que lidem com comportamento de massas ignorem leis tão básicas… Ou será falta de competência? Onde é que esta gente tira os seus cursos? Na Independente? Bem, é melhor deixar de interrogações antes que o Primeiro encerre o Blog…

O texto publicado no Record On Line integral:

“Claques devem ser integradas

CONFERÊNCIA APELA AO DIÁLOGO

O combate à violência no futebol passa pela inclusão dos próprios adeptos, das claques, no debate da questão. A chave para a tolerância zero à violência foi deixada ontem por Steven Powell, director da federação de adeptos de futebol britânicos, orador na conferência internacional sobre o tema, que hoje termina em Lisboa.

Organizado pela Associação das Ligas Europeia de Futebol Profissional (EPFL), o encontro conta com os apoios do governo português e da Liga. Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, concordou com Steven Powell e recordou a legalização das claques de futebol. “O processo está em vias de ficar concluído e em breve teremos 12 claques legalizadas”, frisou, concluindo que “não se pode avançar usando a repressão e as ameaças”.

Hermínio Loureiro, líder da Liga, sublinhou que este “é o grande debate sobre a questão da violência” e que desta conferência “sairão importantes normas para o futuro”.

No primeiro dia falaram ainda Thomas Weinmann (porta-voz dos representantes das claques da liga alemã), Fernando Sousa (FC Porto), Mário Patrício (Sporting), Paulo Silva (Benfica), Bryan Drew (director da Unidade da Polícia no Futebol britânico) e Frédéric Thiriez (presidente da Liga francesa).”

In Record

publicado por velhoestilo às 16:46
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29


.posts recentes

. Game Over... Insert Coin....

. A ingrata final

. De Londres a Lisboa...

. Á Campeão

. Um Campeão Renovou

. Até Quando?

. É OFICIAL

. Adepto

. Enorme Minoria

. Comunicado Diabos Vermelh...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds